Prefeitura finaliza Programa de Segurança e Medicina do Trabalho para concessão de percentual de insalubridade

Pagamentos começarão em fevereiro de 2019

A Empresa Brumed Medicina e Engenharia do Trabalho, que foi contratada para elaborar os programas de Saúde Médico Ocupacional e o Laudo Técnico das Condições Ambientais de Trabalho, concluiu essa semana os documentos que definem a concessão do percentual de insalubridade para os servidores públicos da Secretaria Municipal de Saúde. 

Através dos documentos o Município passa a inserir o benefício aos servidores municipais que dispõem desse direito. “Essa é uma demonstração da preocupação da nossa gestão com a saúde do trabalhador”, destacou o prefeito Washington Vasconcelos, acrescentando que foi feito todo um cuidadoso trabalho e empregado “todos os esforços para valorizar as categorias”. 

De acordo com os documentos devem ser beneficiados com o adicional de insalubridade os servidores: agentes de endemias; auxiliar do consultório odontológico; auxiliar de enfermagem; auxiliar de serviços gerais; enfermeira, enfermeira da Unidade de Saúde da Família; fisioterapeuta, médico do USF; odontólogo, técnico de enfermagem; técnico de enfermagem – vacina; técnico de enfermagem – ESF e técnico de higiene dentária, já que suas atividades são consideradas insalubres, já que são trabalhos que envolvem contato permanente com pacientes, situações de emergências e material infectocontagioso, de acordo com as previsões legais.

Os pagamentos começarão a ser efetivados em fevereiro de 2019. 

Compartilhar